ENTREVISTA DE ANDRÉ TEIXEIRA AO SUPERBRAGA.COM


"Campeão da 2.ª Divisão! Não se pode lutar somente para a subida de divisão. Este ano, temos de ser campeões"
 

SB: Como vê este grupo para a época de 2004/2005?

AT: Este grupo é o mais forte que o Braga alguma vez teve, tem muita qualidade, e existem muitas soluções, é por isso muito equilibrado.

Principalmente os jogadores inserem-se na minha filosofia de jogo.
 

SB: Qual o objectivo principal?

AT: Campeão da 2.ª Divisão! Não se pode lutar somente para a subida de divisão. Este ano, temos de ser campeões.
 

SB: Existem condições para esse feito?

AT: As condições são muito boas. O piso não é sintético, por isso, corro menos riscos de os meus jogadores se lesionarem, e este piso de taco é óptimo.

As condições que o Braga coloca são as ideais .
 

SB: Quanto à formação que se está a apostar no Futsal com a criação de equipas, uma de Juvenis, outra de Juniores, como vão ser coordenadas?

AT: Serei eu a coordenar directamente, defenderei o mesmo modelo de jogo, para assim poder contar com jogadores jovens para a equipa principal… Se um júnior for chamado à equipa principal, jogará da mesma maneira que fazia na equipa de juniores, o mesmo acontecerá com a equipa de juniores em relação aos juniores! Mas, claro, cada equipa com o seu treinador…

Assim as pessoas saem, mas o trabalho, a filosofia do jogo, ficam…
 

SB: As pessoas saem, como vê o futuro como treinador?

AT: Sou ambicioso. Este ano já tive muitos convites para ingressar na 1.ª divisão, no entanto preferi abraçar este projecto, pois acima de tudo estou bem onde estou, e sinto-me motivado para conseguir atingir os meus objectivos. Gostaria muito de vir a ser profissional neste clube!
 

SB: Como vê este clube?

AT: Este é um clube grande. É já um símbolo Nacional. É por estes motivos que trabalho, para colocar este clube no lugar que ele merece estar, na 1.ª divisão… É uma diferença muito grande a 1ª divisão, pois já se pode ter transmissões televisivas.

 
Entrevista concedida ao
Superbraga.com
Segunda, 23 de Agosto de 2004